sábado, 28 de dezembro de 2013

PRODUÇÕES DE TEXTOS DAS CRIANÇAS DE 1º ANO/2013. CRIANÇAS AUTORAS DE SUAS HISTÓRIAS.

A História do Desenho
( crianças autoras de suas histórias)

As crianças criaram uma história coletiva e depois entreguei uma folha para desenharem e escreverem a história do seu desenho. Algumas fizeram a atividade de forma autônoma. Com outras, fui passando nos grupos e auxiliando nas dúvidas de escrita e estrutura do texto. Também pedi aos alunos alfabéticos e autônomos que ajudassem alguns alunos.




















sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

PORTIFÓLIO DE ALGUNS ALUNOS E EXEMPLO DE RELATÓRIO

 
 
 
Portifólio

 
   O portifólio deve conter   atividades que demonstram o desenvolvimento dos níveis de escrita do aluno , além  de  ter o objetivo de avaliar para  intervir na hipótese de escrita da criança para que esta avance.  Apresenta atividades com escritas  de palavras, frases  e textos de acordo com os campos semânticos trabalhados em determinados períodos na sala de aula.
   As crianças também fizeram atividades de matemática, no entanto não consegui digitalizar todas!
   Estas atividades demonstram como muitas crianças avançaram dos níveis  pré- silábico e sílábico  ao nível alfabético em três meses em uma   turma de 1º ano com  vinte alunos .   A maioria muito interessada e participativa.Uns lendo de forma fluente e com compreensão e escrevendo com autonomia, alguns lendo silabando  e ainda dependentes na realização das atividades de leitura e escrita. No entanto,  um aluno permaneceu no nível pré-silábico,dois   no nível silábico e outros dois  no nível silábico -alfabético( não lendo).  Três  desses  alunos apresentavam  sérios problemas comportamentais, familiares, sociais e psicológicos . O aluno que permaneceu no nível pré -silábico não presenciava as aulas, apresentando sérios problemas comportamentais. Não permaneceu na mesma turma no 2º ano. N. que avançou para o nível silábico-alfabético era muito faltosa e no 2º não está mais frequentando a escola.  J. que também avançou para o mesmo nível (silábico-alfabético e não lia) era muito lento, disperso e com dificuldade motora fina, realizando as atividades , somente com apoio.  Continua com as mesmas características no 2º ano, somente realizando as atividades com apoio, está começando a ler com muita dificuldade, silabando, só escreve com a letra de forma e devido a lentidão e distração, não está sendo produtivo em muitas atividades. Dois dos alunos  em nível silábico se recusam em participar e realizar as atividades propostas no 2º ano, somente   realizando algumas, após muita insistência , estímulos positivos e atendimento individualizado. L. apesar da resistência em realizar as atividades e dos problemas comportamentais  está avançando  no 2º ano para o nível silábico-alfabético. A turma também apresenta um aluno com síndrome de down , que está lendo e escrevendo, porém é muito lento e disperso, realizando as atividades somente com apoio.
 
 
 
  O  processo  de aquisição da escrita alfabética pode variar muitas vezes entre um nível e o outro, portanto nas atividades peço também para a criança ler , pois assim  percebo que  a criança está avançando para o nível posterior ou está permanecendo no mesmo nível. Muitas vezes para o professor o que é um retrocesso, não é. Na realidade existe um conflito, que faz a criança pensar que existe algo de errado em sua hipótese e através da intervenção da professora e de suas próprias conclusões percebe o que tem de errado em seu modo de pensar, então avança para o nível alfabético, reestruturando-se.
                                                                                                                 Karla Cristina C. Gaudencio

Abaixo estão descritos os níveis de escritas (hipóteses),  processo pelo qual passam as crianças até alcançar a escrita alfabética.










 
Hipótese pré-silábica
·Características
. Utilizam números, letras e pseudo letras.
. O critério de seleção é forte.
. Não compreendem que a escrita é a representação da fala.
. Realismo nominal ( quanto maior o objeto , maior o número de caracteres). Ex: A formiga é pequena , por isso se escreve com menos letras, enquanto que o boi é grande, então eles escrevem com mais letras. Ex: FTSU =SOFÁ.
 
Hipótese silábica
· Características
· Percebe a relação entre a oralidade e a escrita
· Usa uma letra para cada sílaba
· Pode ou não fazer uso de valor sonoro ( de vogal ou consoante)
· Determina mínimo de letras.  Ex:  OA=SOFÁ
 
Nível silábico-alfabético
· Características
  · Fase de transição -silábico- alfabético
· Na mesma palavra, ora compõe sílabas de forma convencional, ora não compõe, escrevendo uma letra para cada sílaba.
· Faz maior uso de consoantes
· Acreditam que algumas consoantes se bastam para a composição da sílaba. Ex: B= BE . Ex: ORUGA =CORUJA
Nível alfabético
 
· Características
 
· A hipótese alfabética parece ser um fim de um longo trabalho, mas é o começo de mais uma longa fase.
· Características:
· Escreve compondo sílabas foneticamente corretas;
· Desconsideram  o espaço as entre palavras nas frases.
· Hipercorreção: exagera no uso de acentos e pontuação.
Ex: MACACO, CAMELO, LEÃO, PERIQUITO.


 
Processo da aquisição da escrita alfabética
 ( níveis de escrita)
 
RALPH ( 1º ANO/2013)
 
Ralph 
22/03/2013
Objetivo : avaliar o processo de aquisição da escrita alfabética da criança.
Avaliação ( nível de escrita): silábico com maior cosnciência sonora de vogais e algumas consoantes.
 
 
 

Ralph
17/04/2013
 Objetivo : avaliar o processo de aquisição da escrita alfabética da criança
Avaliação( nível de escrita): silábico-alfabético.
 
 

 Raph
24/05/2013
 Objetivo : avaliar o processo de aquisição da escrita alfabética da criança
Avaliação (nível de escrita): alfabético
 
 
 

Ralph 
O objetivo dessa atividade foi avaliar a leitura individual do aluno, por isso chamei um por um na mesa. Em setembro o aluno já lia com fluência e compreensão.
 
 
 

 Ralph
17/10/2013
Objetivo : avaliar o processo de aquisição da escrita alfabética da criança
nível de escrita: alfabético
 

Ralph
Data: 05/12/2013
 
Objetivo : avaliar a produção de texto  e o processo de aquisição da escrita alfabética da criança  
 
Avaliação: 
Nível alfabético, escrevendo  com algumas sílabas complexas. escreveu o texto com  criatividade e coerência e espaço entre as palavras nas frases, sendo seu texto compreendido por quem os lê. 
 
 
MAÍSA (1º ANO/2013)
06/03/2013
NÍVEL DE ESCRITA: PRÉ-SILÁBICO
 

 MAÍSA (1º ANO/2013)
17/04/2014
NÍVEL DE ESCRITA: PRÉ-SILÁBICO
 
 
 
 MAÍSA (1º ANO/2013)
23/05/2013
NÍVEL DE ESCRITA: ALFABÉTICO
 


MAÍSA (1º ANO/2013)
05/06/014
NÍVEL DE ESCRITA:ALFABÉTICO

 MAÍSA (1º ANO/2013)
NÍVEL DE ESCRITA: ALFABÉTICO


 
MAÍSA (1º ANO/2013)
05/12/2013
NÍVEL DE ESCRITA: ALFABÉTICO
 
 
NAIALA( 1º ano/2013)

17/04/2014



  Como não digitalizei as atividades de março da aluna , não foi possível, registrar o início do processo , porém em março Naiala estava no nível silábico com consciência sonora de vogais e várias consoantes. Em abril avançou para o nível alfabético, escrevendo foneticamente.
02/09/2014
Em setembro Naiala lia com fluência e compreensão vários livros de história.

17/10/2014
Em novembro Naiala estava no nível alfabético.


06/12/2014
Em dezembro Naiala já escrevia esse texto narrativo criado por ela com criatividade, coerência e espaço entre as palavras. Estava no nível alfabético, escrevendo com várias sílabas complexas.
 
 
 
 IURI (1ºANO/2013/ALUNO COM SÍNDROME DE DOWN)


IURI (1ºANO/2013)
06/03/2013
NÍVEL DE ESCRITA: SILÁBICO

 IURI (1ºANO/2013)
06/05/2013
NÍVEL DE ESCRITA; SILÁBICO /ALFABÉTICO (AINDA NÃO LIA)


IURI (1ºANO/2013)
05/12/2013
NÍVEL DE ESCRITA: ALFABÉTICO ( ESTAVA COMEÇANDO A LER SILABANDO , COM DIFICULDADE)
 
 
 
 




IURI(2º ANO/2014)
MAIO DE 2014
JÁ ESTAVA LENDO COM MAIOR FLUÊNCIA
 
 
 
 

IURI(2º ANO/2014)
11/06/201NÍVEL DE ESCRITA: ALFABÉTICO
JÁ ESTAVA LENDO COM MAIOR FLUÊNCIA
 
 
NAIALA ( 2ºANO/2014)

 
 
19/05/2014 ( 2º ano)
Leu com com fluência e compreensão de texto.
Nivel de escrita: alfabético, escrevendo vários nomes de animais com sílabas complexas. Escreveu a frase com espaço entre as palavras , iniciando com letra maiúscula e pontuação final, sendo sua frase compreendida por quem a lê.
 
 
 


12/05/2014 ( 2ºano)
Naiala expressou parte da história " Minha Família é Colorida" ,através do desenho e escrita, sendo sua frase compreendida por quem a lê. Escreve com espaço entre as palavras  no nível alfabético e  com várias sílabas complexas.


 
 Naiala
 11/06/2014 ( 2ºano)

Naiala escreveu este texto informativo no nível alfabético com várias sílabas complexas, de acordo com a estrutura frasal e coerência textual. Ainda precisam serem desenvolvidas a ortografia , a concordância nominal e verbal, além do uso de sinais de pontuação.



MATEMÁTICA/ NAIALA( 1º ANO/2013)








NAIALA ( 2º ANO/2014)
 


Processo da aquisição da escrita alfabética
 ( níveis de escrita)


 
 Jamily( 1º ano /2013)

Jamily
06//03/2013
 
 
 
 
 
Nivel de escrita: silábico, com maior consciência sonora de vogais, reconhecendo o som de poucas consoantes.
 

Jamily
06/05/2013
Início de maio já tinha avançado para o nível alfabético, embora confundia o som de algumas consoantes.




 

Jamily
27/05/2013
Final de maio
Nível de escrita: alfabético


 
Jamily
02/09/2013
Setembro
Começando a ler de forma fluente.
 
 

Jamily
02/09/2013
Nível de escrita: alfabético, escrevendo com algumas sílabas complexas, aglutinando algumas palavras na frase.


Jamily( 2ºano15/04/2014)


 

Jamily ( 2º ano/04/2014)





Jamily (2º ano/19/2014)
Leu com fluência e compreensão.
Nível de escrita: alfabético, escrevendo com várias sílabas complexas. Aglutina algumas palavras nas frases.
 



 Leonardo
Apesar de recursar-se a participar das atividades , está avançando aos poucos.
Leonardo
Maio de 2013 ( 1º ano)
 nível de escrita: pré-silabico

Leonardo
Novembro de 2013 ( 1º ano)
silábico com maior conciência sonora de vogais
 
 
 

 
Leonardo
Maio de 2014 ( 2º ano)
Nível de escrita: silábico -alfabético. Está começando a escrever algumas sílabas da forma convencional.



MAÍSA

EXEMPLO DE RELATÓRIO
 
Unidade Escolar: E. M. PROFESSOR ANDRÉ TROUCHE    Decreto de Criação nº 10252 de 27/02/2008
 
RELATÓRIO AVALIATIVO DO 1º CICLO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
NOME DO ALUNO(A): MAÍSA DA SILVA  PEREIRA
                  
Data de Nascimento: 00/00/0002
 
RELATÓRIO DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DO (A) ALUNO (A) AO LONGO DO 1° ANO DO 1° CICLO DO ENSINO FUNDAMENTAL, NO PERÍODO LETIVO DE 2013, NO GRUPO DE REFERÊNCIA GR1A
O relatório deve contemplar os objetivos traçados no Plano de Trabalho do ciclo, perpassando os eixos previstos na Portaria FME 085/2011. Este representa uma análise da realidade, com os objetivos a serem alcançados e as formas de mediação favorecendo a construção de valores, de conhecimentos e de práticas sociais, em consonância com o Plano de Ação Anual, o Projeto Político Pedagógico, as Diretrizes Curriculares e a Proposta Pedagógica da Rede Municipal de Educação de Niterói.
 
                Maisa apresentou um bom relacionamento com colegas e profissionais da escola, compreendendo e respeitando as regras de convivência combinadas com a turma.  Demonstrou  interesse e participação nas atividades pedagógicas propostas, realizando-as com aproveitamento e avançando em seu processo de ensino-aprendizagem.
            Na rodinha, demonstra atenção e participação.  Reconhece os nomes de todos os alunos, as letras e sílabas iniciais e letra finais . Compara os nomes, percebendo semelhanças e diferenças entre estes.  Gosta escrever os dias no calendário, percebendo a sequência dos dias do mês ,da semana e os  meses do ano. Conta os alunos , relacionando quantidade numeral e percebendo quem veio mais e menos, se meninas ou meninos. Se expressa de forma clara em uma lógica- temporal de pensamento, contando fatos que vivencia em casa e na sociedade, recontando histórias, relatando sobre as descobertas das pesquisas realizadas em relação aos temas do conhecimento natural e social, como : As Borboletas,  A Casa” , etc. Temas que surgiram no contexto do projeto desenvolvido: “ “Vinicius de Moraes.
            Maisa avançou rapidamente em relação ao desenvolvimento da  leitura e escrita. Em março sua hipótese de escrita encontrava-se no nível pré-silábico(  neste  nível a criança não estabelece  relação entre fala e escrita), embora reconhecendo algumas vogais e consoantes. Em abril suas hipóteses avançaram para o nível silábico  ( cada letra significa uma sílaba), em maio a aluna avançou para os níveis silábico-alfabético e alfabético, já relacionando fonema /grafema ao escrever palavras. Em junho Maisa escrevia frases e pequenos textos retirados dos textos coletivos, já começando a compreender a estruturas de frases e textos,  reconhecendo as diferenças entre vários gêneros textuais trabalhados no projeto, tais como: poesias, textos de pesquisa( informativo), histórias, cartões,  bilhetes, etc.  Está começando a ler com maior fluência e compreensão. No final do ano demonstrou avançar para o nível alfabético , reconhecendo várias sílabas complexas, lendo e escrevendo palavras com estas.  Sua leitura se tornou mais fluente e , portanto os textos são lidos com maior compreensão. Escreve pequenos textos , como histórias criadas pela aluna.
            Quanto à matemática, relaciona quantidade/numeral até nove. Realiza adições e subtrações com material concreto e operações matemáticas escritas nas folhas de atividades.. Resolve situações- problemas, com material concreto ou na folha, representadas por desenhos ou operações matemáticas. Ampliou o sistema de numeração decimal, utilizando o material dourado até cem , contando de dez em dez. Escreve os números em sequência numérica até cinqüenta.
 
OUTRAS CONSIDERAÇÕES:
 
CÔMPUTO DE FALTAS DO PERÍODO LETIVO: ______                                       Dias letivos: 200    
 
NITERÓI, 21 de dezembro de 2012
  
Assinatura da professora do Grupo de Referência:____________________________________________________________
 
Assinatura da Equipe de Referência e Equipe de Articulação Pedagógica:___________________________________________
 
Ciência do Responsável: ____________________________________________________________________________
 



























Bem vindo !!

Sejam bem vindos a esse blog que tem a intenção de compartilhar essas idéias, as quais podemos sempre transformar com muita criatividade!!!
Loading...

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Pedagoga com habilitação em educação especial, pós-graduação em educação infantil, orientação educacional e pedagógica.Monografias: "Metodologia Teacch", "Teoria e Prática Construtivista" e "A Alfabetização e a Orientação Pedagógica". Cursos específicos na área de autismo: Metodologia Teacch e ABA. Experiência em educação infantil, ensino fundamental e em instituição para crianças com autismo. E o mais importante! Professora com muito orgulho! Se passar neste blog, deixe o seu recadinho! Beijos Karla