quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

A CONSTRUÇÃO DA ESCRITA NO FINAL DO PROJETO SOBRE ANIMAIS ( CRIANÇAS DE 4, 5 E 6 ANOS)

A Construção da escrita


Na educação infantil os nomes das letras estão vinculados  principalmente ao nomes dos alunos ,os quais são muito significativos. Através da chamadinha as crianças vão reconhecendo globalmente os nomes dos colegas,  as letras e sílabas iniciais, além das  letras  finais  , comparando  semelhanças e diferenças  entre estes.  Quando trabalhamos  em um projeto como "OS ANIMAIS"   é do mesmo modo, pois fazemos listas com palavras significativas. O projeto é interdisciplinar e tudo é trabalhado  dentro de um contexto, tais como: as atividades com recorte e colagem, as artes plásticas , as brincadeiras (piscomotricidade) , a leitura e a escrita, a contação de histórias,  as músicas e o raciocínio lógico  são abordados dentro do contexto da área natural ou sócio-cultural que é o tema central do projeto.
Um ambiente  alfabetizador estimula o interesse da criança pela leitura e a escrita, estas então começam  a estabelecer as relações entre fonemas/grafemas. Comparam semelhanças e diferenças entre palavras e a função da escrita na sociedade através dos diversos gêneros textuais trabalhados durante o projeto. Ao estudarem em um ambiente  como este começam a construir as suas hipóteses sobre a escrita  , porém cada uma no seu ritmo.
 Não é o objetivo da educação infantil alfabetizar e sim estimular todas as áreas do desenvolvimento infantil  , porém não informá-las, é não proporcionar um direito que cabem as crianças da classe popular, além de sabermos que é na  faixa etária de até os seis anos  de idade que as conexões cerebrais ocorrem aos milhões e seria um desperdício não aproveitar isso, pois estão ávidas por conhecimento! 
Na educação infantil, as crianças com certeza  precisam brincar, desenhar e  socializar e isso pode ser feito juntamente com aquisição do conhecimento da leitura , escrita, matemática e áreas do conhecimento natural e sócio-cultural. A incrível memória que possuem e desenvolvimento cognitivo não podem deixar de serem estimulados nesta fase !
                                                                                                              
Karla Cristina

                                                                                                                               

Como se aprende a ler e escrever?

Grande parte das crianças da escola pública precisa ter acesso a um ambiente alfabetizador
A polêmica sobre ensinar ou não as crianças a ler e a escrever já na Educação Infantil tem origem em pressupostos diferentes a respeito de várias questões. Entre elas:
O que é alfabetização? Alguns educadores acham que é a aquisição do sistema alfabético de escrita; outros, um processo pelo qual a pessoa se torna capaz de ler, compreender o texto e se expressar por escrito.
Como se aprende a ler e escrever? Pode ser uma aprendizagem de natureza perceptual e motora ou de natureza conceitual. O ensino, no primeiro caso, pode estar baseado no reconhecimento e na cópia de letras, sílabas e palavras. No segundo, no planejamento intencional de práticas sociais mediadas pela escrita, para que as crianças delas participem e recebam informações contextualizadas.
O que é a escrita? Há quem defenda ser um simples código de transcrição da fala e os que acreditam ser ela um sistema de representação da linguagem, um objeto social complexo com diferentes usos e funções.
Em razão desses diferentes pressupostos, alguns educadores receiam a antecipação de práticas pedagógicas tradicionais do Ensino Fundamental antes dos 6 anos (exercícios de prontidão, cópia e memorização) e a perda do lúdico. Como se a escrita entrasse por uma porta e as atividades com outras linguagens (música, brincadeira, desenho etc.) saíssem por outra. Por outro lado, há quem valorize a presença da cultura escrita na Educação Infantil por entender que para o processo de alfabetização é importante a criança ter familiaridade com o mundo dos textos.
Na Educação Infantil as crianças recebem informações sobre a escrita quando: brincam com a sonoridade das palavras, reconhecendo semelhanças e diferenças entre os termos; manuseiam todo tipo de material escrito, como revistas, gibis, livros, fascículos etc.; e o professor lê para a turma e serve de escriba na produção de textos coletivos.
Alguns alunos estão imersos nesse contexto, convivendo com adultos alfabetizados e com livros em casa e aprendendo as letras no teclado do computador. Eles fazem parte de um mundo letrado, de um ambiente alfabetizador. Outros não: há os que vivem na zona rural, onde a escrita não é tão presente, e os que, mesmo morando em centros urbanos, não têm contato com pessoas alfabetizadas e com os usos sociais da leitura e da escrita.
Grande parte das crianças da escola pública depende desse espaço para ter acesso a esse patrimônio cultural. A Educação Infantil é uma etapa fundamental do desenvolvimento escolar das crianças. Ao democratizar o acesso à cultura escrita, ela contribui para minimizar diferenças socioculturais. Para que os alunos aprendam a ler e a escrever, é preciso que participem de atos de leitura e escrita desde o início da escolarização. Se a Educação Infantil cumprir seu papel, envolvendo os pequenos em atividades que os façam pensar e compreender a escrita, no final dessa etapa eles estarão naturalmente alfabetizados (ou aptos a dar passos mais ousados em seus papéis de leitores e escritores)".

 Texto de Regina Scarpa (coordenadora pedagógica da Fundação Victor Civita)
O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA NO FIM DO PROJETO  OS ANIMAIS
TRABALHO  REALIZADO EM 2006
Pedro com 5 anos
( silábico)




Pedro com 5 anos (silábico-alfabético)




Pedro no final do ano com 6 anos ( alfabético)




Roberta - Ondinhas para representar a escrita ( pré-silábica).




Tentativas para copiar o nome . As letrinhas afastadas ainda( pré-silábica).

Vitor com 4 anos ( silábico com consciência sonora da consoante)



Rebeca( silábica)

 Rebeca com  5 anos ( silábica)

Rebeca - silábica-alfabética

Rebeca no final da educação infantil com 6 anos ( alfabética)



Gabriel com 4 anos (alfabético)




Gabriel com 4 anos . Escreveu os nomes dos seus familiares. Não é cópia! (alfabético)



Daiany com 4 anos ( alfabética)

Jeferson com 4 anos ( silábico-alfabético)

5 comentários:

Cintia Alves disse...

tenho um selo pra vc, dá uma passadinha no meu blog e aceite o presente...é com mto carinho!!bjs

Carla disse...

oi linda!!!!!!!! vim te visitar ... adorei teu espaço .....show de bola!!!!!!!!!!

beijos Clara Libe

PHD CURSO LIVRE DE ATUALIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL disse...

Oi..Tem um selinho carinhosos pra voce no meu blog....pegue-o lá...Bjssssssss

Tatiana disse...

Adorei suas atividades sou apaixonada pela educação infantil e pró do grupo 3 ;-)
Sou estudante de Pedagogia.
E sempre irei visitar seu blog.
Showww Bjosssssssssssssssssssssssss Taty

Karla Cristina Carrozzino Gaudencio disse...

Obrigada a todas pelos comentários!
Beijos
Karla

Bem vindo !!

Sejam bem vindos a esse blog que tem a intenção de compartilhar essas idéias, as quais podemos sempre transformar com muita criatividade!!!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Pedagoga com habilitação em educação especial, pós-graduação em educação infantil, orientação educacional e pedagógica.Monografias: "Metodologia Teacch", "Teoria e Prática Construtivista" e "A Alfabetização e a Orientação Pedagógica". Cursos específicos na área de autismo: Metodologia Teacch e ABA. Experiência em educação infantil, ensino fundamental e em instituição para crianças com autismo. E o mais importante! Professora com muito orgulho! Se passar neste blog, deixe o seu recadinho! Beijos Karla