sexta-feira, 17 de julho de 2015

1º ano / 2015 PROJETO DE CULTURA : " ÍNDIOS DO BRASIL "






Projeto : “ Os Índios do Brasil “


 

·       Justificativa: 

   O conhecimento de outras culturas como a indígena percebendo  esta não como inferior, mas diferente e que precisa ser preservada e respeitada percebendo-se as diferenças e semelhanças entre a nossa cultura e a dos índios.  Conhecer a história dos indígenas brasileiros desde  o descobrimento, até  a situação dos índios  atuais, conhecendo a o genocídio que ocasionou a vinda dos portugueses ao Brasil.  Perceber que nós brasileiros, somos a mistura dos brancos europeus, indígenas e africanos.  Conhecer que existem vários tribos indígenas e cada uma  com sua cultura , além de índios que vivem na sociedade, estudam e trabalham e que e há  índios  que passam fome e adoecem devido  a invasão de suas terras e destruição de seu habitat, a floresta.


·       Atividades a serem desenvolvidas:

·         Texto: Música Pindorama (descreve o descobrimento do Brasil de forma crítica). Gênero textual: poesia

·         Pesquisa sobre os índios. Perguntas das crianças e da professora. (O que queremos saber sobre os índios?) Pesquisar na internet, livros de pesquisa, jornais e revistas.  Textos coletivos sobre o que descobriram, os quais serão desenvolvidos aos poucos com os relatos dos alunos e por vezes com a escrita das próprias crianças.

·         Texto coletivo sobre o descobrimento do Brasil e a relação com os índios na época.

·         Desenho do mapa e trajeto da rota que Pedro Álvares Cabral fez.

·         Receita com  alimentos indígenas milho, mandioca, banana ( bolo de fubá, pipoca, cuscuz, vitamina de banana, beiju). Leitura e produção de gênero textual receita. Texto coletivo sobre alimentação indígena. Trabalhar com medidas  de massa, capacidade e fração.

·         Fazer uma feirinha com os legumes e frutas indígenas. Trabalhando-se sistema monetário.

·         Animais brasileiros. Lista de animais brasileiros, atividades de leitura e escrita. Características, classificação, alimentação, etc.  ( textos coletivos e individuais)

·                   A relação dos indígenas com o meio ambiente. Trabalhar a questão ambiental, o desmatamento, os animais em extinção.

·         Texto coletivo : Como os índios cuidam do meio ambiente e o que devemos fazer para protegê-lo.

·         O trabalho de homens e mulheres na aldeia. Texto Coletivo

·         Escrever legenda sobre o trabalho dos indígenas homens mulheres , observando a figura.

·         Pesquisar animais em extinção.

·         Lista de animais em extinção.

·         Ficha técnica de animais em extinção. Trabalhar peso e medidas dos animais e das crianças.

·         Cartaz dos animais em extinção. Pintar o céu de azul, e a mata de verde. Desenhar árvores com a canetinha e lápis de cera e colar no cartaz , colar figuras de animais e colar . Escrever nomes dos animais e colar. Escrever Procura-se os animais em extinção !

·         Confecção de potes com argila e pintura marajoara. Texto sobre os marajoara e vídeo.

·         Frase sobre a casa dos índios (MALOCA OU OCA) . Leitura do livro  papa-capim sobre as diferentes formas de organização das malocas de acordo com cada tribo. Confeccionar uma maloca com pintura e colagem de raspa de lápis.

·         Relacionar com a casa dos alunos e trabalhar endereço e localização da casa, desenhando a casa e fazendo um mapa da rua que está a casa e  o ponto de referência.

·         Desenhar o caminho de casa para a escola, após trabalhar o endereço e localização da escola.

·         A escola indígena. O que as crianças aprendem? Texto coletivo.

·         Texto coletivo sobre  o pajé.

·         Texto informativo sobre o ritual de pajelança Kuarup. Brincar de fazer o ritual na sala.

·         Trabalhar formas geométricas espaciais, percebendo as formas dos objetos indígenas e do nosso dia a dia. Nomeando-os de acordo com seus atributos.

·         Confeccionar colares , fazendo sequência de cores, pintura tribais , trabalhando formas geométricas com blocos lógicos,( agrupamentos de acordo com os atributos e sequências). Cocares com penas e enfeites. Texto coletivo sobre os enfeites dos índios. Para que se enfeitam ? ( trabalhar as especificidades de algumas tribos ).

·         Música dos indiozinhos. Contar até 10 . Imprimir as mãos no cartaz de acordo com a quantidade de índios. Cada dedo será um índio. Colar penas nas cabeças . Recortar a canoa e desenhar dez índios. Desenhar o rio e  dobradura de peixes, desenhar peixes e outros animais que vivem no rio. Atividade em folha com o texto dos indiozinhos. Leitura e envolver os indiozinhos. Relacionar quantidade numeral , desenhando a quantidade de indiozinhos de acordo com o numeral. Trabalhar a ordem da dezena, utilizando agrupamentos com palitos , material dourado e tapetinho. Atividades em folha e no livro sobre a ampliação do sistema de numeração decimal.

·         Lista de vários povos indígenas.

·         Texto informativo sobre os índios Karajás . Vídeo.

·         Texto coletivo sobre os índios atuais e a luta destes  pela posse de suas terras, além do extermínio dos índios desde a época do descobrimento.

·         Texto coletivo sobre os curumins. Lista de brinquedos e brincadeiras.

·         Confeccionar a boneca Licocó da tribo Karajá , a peteca ( papel celofone, jornal, penas e barabante)  , brincar de cama de gato ( barabante), perna de pau  latas (de leite e barbante). Texto coletivo sobre as crianças Ianomâmis e suas brincadeiras , escrever uma carta e desenhar para os curumins as brincadeiras das crianças brancas. Relacionar semelhanças e diferenças entre as brincadeiras das crianças brancas e indígenas.

·         Leitura de lendas indígenas ( livro de histórias e coleção com pinturas e lendas). Realizar algumas atividades de reescrita coletiva das lendas e produção de texto individual. Atividade de artes de algumas lendas, como: “ A Criação do Dia e da Noite”, “ Como surgiram as estrelas, Iara, Curupira.

·         Atividade de artes  da lenda : A Criação do Dia e  da Noite: pintura das estrelas com giz de cera no papel camurça preto, enrolar bolinha de papel crepom amarelo dentro do sol desenhado pelas crianças. Desenhar a paisagem com a floresta, árvores  e bolinhas de papel crepom verde. Desenhar os índios  da lenda. Curupira: dobradura do índio e pintar o cabelo de laranja ou colar lã. Lenda da Iara. Colar o rabo da sereia e desenhar o corpo. Pintar e colar paetês ou purpurina no rabo. Desenhar as ondas com colar colorida branca no papel  pintado de azul.

·         Através da lenda “ A Criação do Dia e da Noite”, trabalhar as hipóteses que as crianças tem sobre como existe o dia e a noite. Levar para a sala o globo terrestre e lanterna e mostrar os movimentos de rotação e translação da Terra, mostrando, porque existe o dia e a noite. Trabalhar horas a partir dessa demonstração, utilizando o relógio da sala de madeira, relógios confeccionados e atividades pedagógicas no livro e em folhas.

·       Objetivos específicos:

·       Português

·         Apropriar-se da escrita alfabética , através das atividades com lista de palavras,  textos coletivos e individuais. Considerando-se a adequação das atividades ao nível de hipótese de escrita das crianças.  Ler e escrever,  percebendo a letra e sílaba inicial, contando-se sílabas e letras, organizando-se as letras móveis ou  as escrevendo  dando um suporte com a palavra. Cruzadinhas, caça palavras. Completar palavras com letra e sílaba inicial, escrever nomes dos desenhos, intervindo nas hipóteses de escrita. Escrever frases e textos  individuais e coletivos  , percebendo a estrutura da frase, espaço entre as palavras e pontuação final. As palavras são relacionadas ao projeto sobre os índios e a apropriação da escrita destas  envolvem as sílabas simples e complexas.

·         Apropriar-se da cultura escrita, através de atividades que trabalhem a leitura e produções de diversos gêneros textuais e as suas funções na sociedade letrada. Entre estes gêneros: poesias, textos informativos, narrativos (lendas), receita, cartas, bilhete, listas, legendas, etc.

·       Matemática:

·         Relacionar quantidade –numeral até dez.

·         Ampliar o sistema de numeração decimal para ordem da dezena, agrupando de dez em dez até 100.  Escritas em sequência  numéricas e utilização de palitos e material dourado.

·         Verificar as horas , perceber os dias que passam reconhecendo a sequência dos dias da semana e do mês, os meses do ano e quantidade de dias de cada mês.

·         Reconhecer as formas geométricas espaciais, conhecendo seus atributos e relacionando-as com outros objetos dos índios e da nosso dia a dia.

·         Nomear as formas geométricas planas, percebendo seus atributos, classificando-as e organizando-as  em sequencia , após a criança iniciá-la. Relacionar às formas as pinturas tribais e a objetos do nosso dia a dia.

·         Reconhecer medidas de massa e os instrumentos utilizados para registrá-los

·         Reconhecer medidas de capacidade  e os instrumentos utilizados para registrá-los.

·         Reconhecer medidas de comprimento e os instrumentos utilizados para registrá-los.

·         Reconhecer e saber utilizar o nosso sistema monetário.




·       Ciências

·         Conhecer os animais brasileiros : sua forma de viver, alimentação, habitat, características e classificação.

·         Conhecer como os índios preservam o meio ambiente e conscientizarem-se sobre como a humanidade está destruindo a natureza e que atitudes devemos ter para preservar a natureza.

·         Conhecer os movimentos de rotação e translação da Terra através da lenda Karajá : “ A Criação do Dia e da Noite “



·         História e Geografia

·         Conhecer a história do Brasil de forma critica, percebendo que os portugueses já sabiam que existiam terras depois do Oceano Atlântico e mudou a rota a caminho da Índia de propósito.

·         Conscientizar-se que o Brasil  na realidade foi invadido por Portugal, pois os verdadeiros donos dessa terra eram os nativos , os quais deram o nome de índios, por cauda da Índia.

·         Conhecer como os índios chamavam o Brasil  : Pindorama e os outros nomes dados ao Brasil.

·         Conhecer o genocídio humano e cultural dos índios com a chegada dos Portugueses.

·         Conhecer a luta dos índios até hoje por suas Terras.

·         Conhecer a cultura indígena, relacionando-a com a nossa cultura e percebendo que podemos aprender muito com os índios e que a cultura deles não é inferior a nossa.

·         Conhecer o mapa-múndi e as rotas realizadas pelos portugueses. Conhecer o mapa do Brasil, localizando o estado, a cidade e o bairro em que vive.

·         Localizar a sua casa, a sua rua e outras ruas próximas a sua casa, percebendo um ponto de referência para localizá-la.


·       Recursos Materiais



·                     Papel A4, papel 40kg, canetinha, lápis de cera, tinta guache, pincéis, raspas de lápis, papel crepom, papel camurça, papel celofane, penas, miçangas ou macarrão, barbante, latas de leite , argila. Legumes e frutas, fita métrica, balança de  alimentos, dinheirinho, blocos lógicos, material dourado, letras móveis, figuras da cultura indígena, palitos de soverte,  relógio, etc.

·         Livros de pesquisas , internet, filmes.

·         Livros literários/lendas: Criação do Dia e da noite  ( livro e filme),  “ A criação das estrelas,  A criação das frutas, Iara, O Curupira, , O Boitatá, etc.

·         Livro Papa –Capim ( Manual dos Índios) da turma da Mônica ( conta a vida dos índios, mostrando a sua cultura e várias atividades que podemos fazer relacionadas a cultura indígena).



·       Metodologia


      Iniciar o projeto com a música Pindorama que fala sobre o descobrimento do Brasil de forma crítica, pois mostra que os portugueses já sabiam que existiam terras depois do oceano atlântico, pois já tinham estabelecido a posse das terras entre Portugal e Espanha  com o tratado de Tordesilhas. A música mostra que esta terra já era dos índios , cujo o nome era  Pindorama ( terra das palmeiras ), forma pela qual os índios chamavam o Brasil. A música também fala sobre o ano do descobrimento, de quem foi Pedro Álvares Cabral e do Rei de Portugal ( Rei Dom Manuel). Além do genocídio que foi para os índios a chegada dos portugueses ao Brasil. A partir dessa música iniciamos a pesquisa, escrevendo o que as crianças querem saber e adicionando questões que pergunto as crianças.  Ao poucos vamos respondendo as questões que pesquisaram, escrevendo textos coletivos com os relatos de descobertas dos alunos realizando atividades pedagógicas interdisciplinares ( aquisição da escrita alfabética, leitura e produção de frases e textos, matemática, ciências, história, geografia , artes, Edu. Física e inglês ). Durante o projeto vou lendo o livro Papa-Capim da turma da Mônica, que fala sobre a cultura e várias atividades divertidas que podemos fazer ( receitas, enfeites, brincadeiras, etc. ).


Culminâncias:

Festa da Cultura: pequena encenação com Pedro Álvares Cabras e o Rei de Portugal Dom Manuel. Dança com a música : Pindorama.

Exposição de algumas atividades

Ciranda da Leitura: encenação de uma lenda indígena e música ainda a escolher. Talvez do Caetano Veloso: “ A Última Nação Indígena”


Avaliação:

 O projeto foi muito proveitoso . As crianças aprenderam sobre a cultura índigena e a história do Brasil de forma crítica e prazerosa, além de  se apropriarem da aquisição da escria alfabética em um contexto de letramento, com palavras e textos relacionados a cultura índígena.















     A música Pindorama do grupo Palavra Cantada, conta uma outra versão da história do Brasil para as crianças, de uma forma lúdica aprenderam que os portugueses chegaram aqui de forma proposital, pois sabiam que estavam chegando em um país com muita riqueza para ser explorada. Para os índios não foi bom a chegada dos portugueses, pois foi um choque cultural, tentaram impor a cultura do branco, pois se achavam superiores , os índios os verdadeiros donos dessa terra foram dizimad, por doenças e assassinados, tentaram escravizá-los, mas não conseguiram, então foram buscar os negros na África, que também resistiram lutando e formando os quilombos. De uma forma lúdica, critica e de letramento , os alunos do 1º ano estão aprendendo a ler e escrever de forma interdisciplinar com os temas sobre a cultura indígena e a história do Brasil. Vimos que são várias tribos indígenas e muitos índios atualmente tem contato com o branco , incorporando os costumes destes, no entanto é importante que não esqueçam a sua cultura e esta seja transmitida de geração para geração. Eles ainda continuam lutando por suas terras e sendo mortos !
Nossas pesquisas ainda não terminaram! Breve postarei mais atividades !

Pindorama, Pindorama !
É o Brasil antes de Cabral.
Pindorama, Pindorama
É tão longe de Portugal
Fica além muito
do caminho do mar com o céu
Fica além , muito além
dos domínios de Dom Manuel
Musica: "Palavra Cantada"



Nossas Pesquisas








Textos Coletivos 

Quando os portugueses chegaram aqui , os índios já viviam nesta terra, que chamavam de Pindorama ( terra das Palmeiras). Não foi bom para os índios a chegada dos portugueses, porque eles invadiram a terra deles e muitos morreram de doenças e de espingarda !
( Texto Coletivo )


Atividade individual sobre  a história do  do Brasil. Depois das pesquisas e textos coletivos.







Hipóteses dos alunos de como eram os continentes






Desenho dos alunos dos continentes e rota  de marítima feita pelos portugueses para chegar ao Brasil








 Mapa Mundi . Mostrando os continentes , páises que estão nesses e a rota, fazendo a relação com as hipóteses dos alunos.


 Atividade: pintar os continentes relacioandos a rota e fazer o mesmo caminho desenhando uma caravela e ligando as linhas ao continente circular. Ler e copiar os nomes dos países e continentes.
MAPA -  HISTÓRICO - BRASIL - ROTA DE CABRAL 

Música : Indiozinhos . Trabalhamos relação quantidade/numeral até 10 a dezena.


 ATIVIDADE INDIVIDUAL
RELACIONAR QUANTIDADE/NUMERAL ATÉ 10  DESENHANDO OS INDIOZINHOS. LER O TEXTO DOS INDIOZINHOS E CIRCULAR A PALAVRA "INDIOZINHOS"

NOME :  ______________________________________________________
DATA:________________________________________________________


                     SITUAÇÕES -PROBLEMAS:


                    1-  NA  CANOA   TINHAM   8  INDIOS  . ENTRARAM   4 . QUANTOS  INDIOZINHOS FICARAM NA CANOA ?
DESENHE E DEPOIS FAÇA A OPERAÇÃO MATEMÁTICA










RESPOSTA:__________________________________________



             2-   NA  CANOA  TINHAM   7  INDIOZINHOS . SAIRAM  3 . QUANTOS INDIOZINHOS FICARAM NA CANOA ?
DESENHE E DEPOIS FAÇA A OPERAÇÃO MATEMÁTICA









R:________________________________________





ATIVIDADES COM OPERAÇÕES MATEMÁTICAS DE ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO






ATIVIDADES DE LEITURA E ESCRITA  COM PALAVRAS RELACIONADAS  A VIDA DOS INDIOS
 
















ALIMENTAÇÃO INDÍGENA. ESCRITA DOS ALUNOS. APRENDIZADO DA ESCRITA  E LEITURA .



 















ALIMENTAÇÃO INDÍGENA. ESCRITA DOS ALUNOS. ESCRITA DOS ALUNOS E ESCRITA PARA COLAR AS FIGURAS



ANIMAIS QUE OS  ÍNDIOS  CRIAM E QUE SE ALIMENTAM. LISTA DE ARMAS ÍNDÍGENAS.
ESCRITA DOS ALUNOS E LEITURA PARA COLAR AS FIGURAS




















TEXTO  COLETIVO SOBRE OS CUIDADOS QUE OS ÍNDIOS TEM COM A NATUREZA
















(PRESERVAÇÃO AMBIENTAL)



LISTA  DE UTENSÍLIOS INDÍGENAS E BRINCADEIRAS DOS CURUMINS
ESCRITA DOS ALUNOS E LEITURA


















CONVERSA E LISTA DE POVOS ÍNDÍGENAS. LISTA DE PALAVRAS  RELATADAS E ESCRITA PELOS ALUNOS.



 















TEXTO  COLETIVO SOBRE  A CASA E A FAMÍLIA DOS ÍNDIOS


(RELATOS DOS ALUNOS)







Apresentação na Festa da Cultura. Música: "Pindorama"















LENDAS INDÍGENAS

 A  BARCA  DA TARTARUGA , UMA LENDA DOS ÍNDIOS GUARANIS

As crianças  relaram a história , reescrevendo  o texto.
Depois desenharam sobre a história e fizeram a escrita individual.


Escrevemos um texto informativo sobre a tartaruga e abordamos a questão ambiental. Depois levarei as crianças para ver um vídeo sobre o projeto TAMAR que preserva as tartarugas marinhas. Depois vamos ler um texto informativo sobre o projeto e ilustrá-lo.




Cantamos a música da tartaruguinha e também contei a história : " A Festa  no Céu, que faz parte do nosso folclore.

Confeccionando a tartaruguinha e trabalhando com reciclagem


Escrevemos uma lista de animais que são répteis como a tartaruga, trabalhando a aquisição da escrita alfabética, tanto sílabas simples , como complexas.

Cartaz das tartarugas no mar
e conscientização da preservação do meio ambiente




A lenda dos índios Karajás . A Criação do Dia e da Noite. As crianças fizeram um texto coletivo e depois individual. Falaram  suas hipóteses sobre a existência do dia e da noite e depois vimos na sala com o globo terrestre e a lanterna os movimentos de rotação e translação da Terra e assim descobrimos pela ciência como realmente existe o dia e a noite ! Depois estudaremos as horas( 1º ano do ensino fundamental). Encantadoras as lendas índigenas!


 Texto coletivo
Reescrita da lenda: " A Criação do Dia e da Noite"
 


Textos Coletivos
 Hipóteses das crianças sobre a existência do dia e da noite.
O que descobrimos sobre a existência do dia e da noite , após experiência na sala com o globo terrestre e a lanterna , sendo o sol





LENDAS INDÍGENAS

TEXTOS INDIVIDUAIS SOBRE A LENDA : 'A CRIAÇÃO DO DIA E DA NOITE 
REESCRITAS DA LENDA 


















 ( Lenda: A Criação do Dia e da Noite)
ATIVIDADES DE ARTES
O DIA
Desenhar o dia enrolar bolinhas de papel crepom e colar dentro do desenho. Recortar e colar no papel colorido.




 A  NOITE
Atividade de artes representando a noite .Lenda dos índios Karajás: " A Criação do Dia e da Noite".





 Cartaz da lenda índigena Karajá; " A Criação do Dia e da Noite"

LENDA ÍNDIGENA
A  DESCOBERTA  DAS FRUTAS

ATIVIDADE  COM DESENHO E ESCRITA DE PARTE DA HISTÓRIA





LENDA INDÍGENA
O  CURUPIRA











BRINCADEIRAS INDÍGENAS


LISTA  DE  BRINCADEIRAS INDÍGENAS
RELATOS DOS ALUNOS ( PALAVRAS DITADAS´PELA PROFESSORA , APÓS FALAREM ). PODEMOS AVALIAR O NÍVEL DE ESCRITA OU INTERVIR , FAZENDO PERGUNTAS AOS ALUNOS.





TEXTO INSTRUTIVO SOBRE A CONFECÇÃO DA PETECA.
O TEXTO FOI REALIZADO JUNTO COM OS ALUNOS , FAZENDO PERGUNTAS SOBRE O QUE PRECISAMOS ESCREVER NO TEXTO PARA FAZER A PETECA. PRECISAMOS SABER O QUÊ? CHEGARAM A CONCLUSÃO QUE O TEXTO SE DIVIIRÁ EM DUAS PARTES. OS MATERIAIS QUE DEVEMOS UTILIZAR E O MODO DE FAZER. AO AESCREVER TRABALHAMOS A AQUISIÇÃO DA ESCRITA ALFABÉTICA, O ESPAÇO ENTRE AS PALAVRAS NA FRASE E A ORIENTAÇÃO ESPACIAL DO TEXTO.




ESCREVENDO O TEXTO INSTRUTIVO SOBRE A ACONFECÇÃO DA PETECA


A NOSSA PETECA PRONTA
BRINCANDO NO PÁTIO






 Receita da tapioca com alimentos índígenas:  farinha de mandioca e bananas 
Trabalhamos o gênero textual: receita

A mandioca (alimento índigena).É ralada , obtendo-se a farinha de mandioca. Consumida pela povo brasileiro, fazendo parte da nossa cultura.


A banana outro alimento muito consumido pelos índios e  pelo povo brasileiro, fazendo parte da nossa cultura.













Atividade: leitura  coletiva  do texto  A Vida  das Crianças Ianomâmis

Escrever para as crianças ianomâmis a vida de meninos e meninas deles , mostrando as brincadeiras da nossa cultura.




NOSSA VIDA DE MENINOS E MENINAS.( ESCREVENDO PARA AS CRIANÇAS IANOMÂMIS)
Avaliar a escrita das crianças . Cinco nomes de brincadeiras , relatadas pelas crianças e uma frase.









PINTURA TRIBAL . CONVERSAMOS QUE OS ÍNDIOS GOSTAM DA BELEZA E DAS CORES E  DE ENFEITAR SEUS CORPOS E OBJETOS. GERALMENTE PINTAM ELEMENTOS DA NATUREZA OU PELES DE ANIMAIS E DESENHAM FORMAS GEOMÉTRICAS PLANAS. TRABALHAMOS ESTAS FORMAS TAMBÉM . CADA UM PINTOU DO SEU JEITO, POIS NÃO UTILIZO MODELOS PRONTOS, MAS ESTIMULO A CRIATIVIDADE DAS CRIANÇAS.













LICOCÓS ( AS BONECAS KARAJÁS) , FEITO PELAS MULHERES E CRIANÇAS ÍNDIGENAS. SÃO FEITAS DE ARGILA.
LEITURA COLETIVA E INDIVIDUAL  DE TEXTO INFORMATIVO SOBRE AS BONECAS LICOCÓS E A CULTURA DO POVO KARAJÁ.




 Adereços e utensílios indígenas: colares, cocares com pinturas tribais, cuias com pinturas marajoaras


O LIVRO DOS ÍNDIOS DO BRASIL
JUNTAMOS TODAS AS ATIVIDADES , GRAMPEAMOSE FIZEMOS UM LIVRO.

LENDAS ÍNDIGENAS





A CRIAÇÃO DO DIA E DA NOITE





O DIA





A NOITE


O CURUPIRA



A DESCOBERTA DAS FRUTAS




BRICADEIRAS DA NOSSA CULTURA E BRINCADEIRAS ÍNDIGENA
CONTANDO AOS CURUMINS NOSS MODO DE VIDA


C


 LISTA DE BRINCADEIRAS INDÍGENAS

TEXTO INSTRUTIVO PARA A CONFECCÇÃO DA PETECA


A FUNÇÃO DO PAJÉ NA TRIBO, TAMBÉM CONVERSAMOS SOBRE O CACIQUE, LEITURA DO LIVRO DA TURMA DA MÔNICA: " MANUAL DOS ÍNDIOS "



LISTA DE POVOS INDÍGENAS


 

ALIMENTAÇÃO INDÍGENA
LISTA DE ALIMENTOS
AGRUPANDO FRUTAS E VEGETAIS



RECEITA DA TAPIOCA, FEITO COM FARINHA DE MANDIOCA (ALIMENTAÇÃO INDÍGENA)




PINTURA TRIBAL .TRABALHAMOS FORMAS GEOMÉTRICAS PLANAS




HABITAÇÃO INDÍGENA


 

LISTA DE ANIMAIS BRASILEIROS E AFRICANOS
FIZEMOS ESSA DIFERENCIAÇÃO , POIS ALGUMAS CRIANÇAS ACHAVAM QUE NA FLORESTA BRASILEIRA EXISTIA LEÃO.

 

Resultado de imagem para frases de paulo freire

4 comentários:

Aurea Zanetti disse...

Muito bom seu trabalho, nos ajuda nas idéias,
Muiti obrigado

Karla Cristina Carrozzino Gaudencio disse...

Obrigada Aurea ! Que bom que gostou ! O projeto ainda continua !

Roni disse...


Amei seu trabalho....creio que foi muito produtivo para as crianças, nunca mais serão as mesmas.

Karla Cristina Carrozzino Gaudencio disse...

Obrigada ! Roni !

Bem vindo !!

Sejam bem vindos a esse blog que tem a intenção de compartilhar essas idéias, as quais podemos sempre transformar com muita criatividade!!!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Pedagoga com habilitação em educação especial, pós-graduação em educação infantil, orientação educacional e pedagógica.Monografias: "Metodologia Teacch", "Teoria e Prática Construtivista" e "A Alfabetização e a Orientação Pedagógica". Cursos específicos na área de autismo: Metodologia Teacch e ABA. Experiência em educação infantil, ensino fundamental e em instituição para crianças com autismo. E o mais importante! Professora com muito orgulho! Se passar neste blog, deixe o seu recadinho! Beijos Karla